Dianópolis e Aliança são dois municípios tocantinenses participantes de pesquisa sobre satisfação dos usuários dos sistemas públicos de abastecimento de água no estado em relação aos serviços de saneamento. O levantamento é desenvolvido pela Agência Tocantinense de Regulação e Fiscalização (ATR).
 
De acordo com o coordenador de saneamento da ATR, Robson Gabriel de Araújo, na cidade de Aliança seriam realizadas aproximadamente 300 entrevistas; e em Dianópolis 1400. “As cidades de Aliança e Dianópolis foram selecionadas por se tratarem de municípios de pequeno e médio porte, respectivamente. E também por nunca terem sido fiscalizados, pois só recentemente foi assinado o convênio de cooperação técnica”.
 
Ainda segundo o coordenador, a pesquisa tem três objetivos: ter conhecimento da satisfação do usuário nos sistemas de abastecimento, direcionar as ações de fiscalização a partir dos resultados e priorizar as demandas apontadas pelos usuários na elaboração de políticas públicas de saneamento. “As demandas serão apresentadas a concessionária Foz Saneatins, que está elaborando projeto de investimento nesse sistema de abastecimento de água”, complementou.
 
Execução
 
Conforme o Araújo, a pesquisa é domiciliar, com a finalidade de obter uma amostra representativa de 25% do universo de todas as ligações de água nos municípios. “É apresentado um questionário com 14 perguntas, onde foi escolhida aleatoriamente uma casa, após isso efetuamos um pulo sistêmico em três casas, número este que nos dá condição de atender 25% em relação ao universo de usuários das duas cidades”, explica.
 
A pesquisa, iniciada no dia 12 de agosto, terminou ontem, 17, passando para a fase de tabulação de resultados, quando serão aplicados os coeficientes estatísticos com a finalidade de se concluir a análise, passando assim à execução das demandas da população. “Essa é uma pesquisa inovadora e pioneira na região norte do Brasil, após ter os resultados queremos expandir a pesquisa para mais municípios tocantinenses”, afirma o coordenador da ATR.