Os dados da Secretaria de Saúde do Tocantins revelam que Dianópolis tem a maior taxa de contaminação da doença no Estado e já registrou 2.435,4 casos por 100 mil habitantes. Em seguida vem Porto Nacional com 1.385,7 casos, depois Palmeirópolis com registro de 1.239,4. Os municípios de Palmas, Dianópolis, Porto Nacional e Dianópolis registram incidência até oito vezes maior que a máxima recomendada e estão em estado de alerta.
Dos 139 municípios do Tocantins, 11 vivem risco de epidemia de dengue.

O Ministério da Saúde classifica como município de baixa incidência o que registram abaixo de 100 casos por 100 mil habitantes, moderada de 100 a 300 casos e alta incidência acima de 300 casos por 100 mil habitantes.