A Diretoria Regional de Gestão e Formação de Dianópolis reuniu cerca de 150 educadores do município e outras oito cidades do entorno para debater ações produtivas realizadas no ambiente escolar. O Seminário de Gestão Escolar é realizado nesta sexta-feira, 26, no auditório do Colégio Estadual João de Abreu.

Durante a abertura do encontro, a secretária de Estado da Educação e Cultura, Adriana Aguiar, destacou que os seminários têm possibilitado a troca de experiências entre as unidades de ensino e fomentado a gestão criativa nas escolas da rede pública. “Cada região tem uma característica diferente, mas em todos os seminários tenho observado a vontade de acertar e de promover uma gestão eficaz como os pontos em comum. E neste contexto as Diretorias Regionais merecem reconhecimento pelo trabalho dedicado que têm realizado”, disse.

Para o diretor regional de Ensino de Dianópolis, Ademildes José da Mata, o seminário é relevante por oportunizar os educadores a fazerem uma autoavaliação do trabalho na escola. “Esse momento é extremamente importante para a transformação da prática pedagógica na sala de aula e isso acontece pelas discussões sobre a gestão de pessoas, gestão pedagógica e sobre os desafios da educação”, afirmou.

Participam do encontro, educadores dos municípios de Almas, Conceição do Tocantins, Dianópolis, Novo Jardim, Ponte Alta do Bom Jesus, Porto Alegre do Tocantins, Rio da Conceição, Taguatinga e Taipas do Tocantins. No período da manhã, os professores assistiram à palestra da diretora de Desenvolvimento Educacional da Seduc, Maria de Lurdes Macedo; e à tarde, compartilham as experiências de sucesso realizadas em cada escola.


Troca de experiências

O encontro faz parte das ações do Prêmio Gestão Escolar, que tem o objetivo de estimular boas práticas pedagogias nas escolas e promover a melhoria do ensino por meio da autoavaliação. Desta forma, durante o seminário os educadores compartilham experiências que estão dando certo em sala de aula e discutem formas de contribuir para o processo de ensino nas escolas.

A professora do Colégio João de Abreu, de Dianópolis, Nilva Rodrigues Pereira Gomes, foi uma das que dividiram experiências e apresentou aos colegas os resultados obtidos na gincana de Matemática. Segundo ela, por meio do projeto, os alunos produzem músicas, paródias e outras formas de arte utilizando as fórmulas de Matemática. “Percebemos que os nossos alunos são ótimos em arte e oralidade e, então, pensamos porque não unir essa habilidade com a Matemática”, contou Nilva, ressaltando que a gincana já é realizada na escola há 13 anos.

Para o diretor da Escola Estadual Coquelin Aires Leal, também de Dianópolis, Wender Gonçalves Teixeira, saber quais projetos estão dando certo nas outras unidades escolares e como os educadores abordam as temáticas educacionais vai contribuir para o desenvolvimento de novas práticas em sala de aulas. “Está aqui é muito bom, pela troca de experiências, há um incentivo para aprimorar a prática e se oferece alternativas para superar os desafios”, ressaltou.

As escolas municipais também participam do encontro. De acordo com a diretora Gilvana Nunes Silva Tavares, a parceria com o governo do Estado possibilita o desenvolvimento da educação como um todo. “Essas ações pedagógicas realizadas em conjunto entre Estado e prefeituras nos ajuda muito. No seminário aprendemos a diagnosticar a nossa escola, a valorizar o que está dando certo e sempre buscar alternativas para melhorar a qualidade do ensino e da aprendizagem”, afirmou.

Fonte: Surgiu.com.br