Produtores do projeto Manuel Alves poderão fazer o descarte de suas embalagens vazias de agrotóxicos em ação promovida pela Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) e do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev) - Regional Goiás/Tocantins/Brasília. A ação coletiva ocorrerá dia 25/05 para beneficiar, principalmente, pequenos produtores que têm dificuldades em fazer o descarte correto. A iniciativa atenderá, de forma itinerante, outras regiões produtoras do Estado.

O diretor de Defesa, Inspeção e Sanidade Vegetal, Carlos César Barbosa defende maior envolvimento dos lojistas e a ampliação da parceria com outros órgãos. “O projeto de recebimento itinerante é de suma importância para atender os pequenos produtores de nosso Estado. A Adapec é um órgão regulador e cabe a nós orientar sobre a maneira correta de devolver estas embalagens e fiscalizar a sua destinação, entretanto somos hoje um dos articuladores da ação”, disse Carlos César.

Dados
Em 2015, foram realizadas onze ações de recebimento itinerante no Tocantins, nos municípios de Dianópolis (Projeto Manuel Alves), Paraíso do Tocantins, Miranorte, Barrolândia, Porto Nacional (Projeto São João), Buriti do Tocantins, Axixá, Araguatins, Tocantinópolis, Augustinópolis e Xambioá, onde foram recebidas 15.856 embalagens de agrotóxicos, beneficiando diretamente mais de 450 pequenos agricultores