A Fundação Universidade do Tocantins recebeu um terreno de 15 mil metros quadrados em Dianópolis, na tarde desta sexta-feira, 10, para a construção do câmpus da universidade. A doação foi feita pela Prefeitura de Dianópolis e a reitora Elizângela Glória Cardoso recebeu das mãos do prefeito Reginaldo Rodrigues de Melo a Lei nº1307/2015 que oficializou a doação do terreno no Setor Industrial – Gleba 03.

“Só temos a agradecer essa doação e dizer ao prefeito que ele está contribuindo com o desenvolvimento do estado do Tocantins, pois nós sabemos que a universidade faz parte desse desenvolvimento”, afirmou a reitora. Segundo Elizângela, a pedra fundamental deve ser lançada em um evento com a presença do governador Marcelo Miranda. “Eu me comprometo a fazer com que esse dia seja marcante para o Câmpus Dianópolis, para toda a universidade, para o município e para o Estado do Tocantins ao convidar o governador Marcelo Miranda para fazer o lançamento da pedra fundamental”, declarou. A reitora ainda destacou o compromisso do governador Marcelo Miranda com a Unitins desde o início de sua gestão, quando dobrou o orçamento da universidade.

Prefeito Reginaldo mostra terreno doado para reitora e diretor do câmpus em Dianópolis (Foto: Ana Cássia Costa/Ascom Unitins)

O prefeito de Dianópolis disse que ter a Unitins no município é um grande privilégio para toda a região. “Vejo que uma das maiores conquistas para nós é a própria Unitins que com certeza vai melhorar muito a vida da nossa população. Hoje existem pessoas carentes em nossa região que não tem condições de pagar uma faculdade e com esse benefício nossa comunidade só tem a ganhar. Nós só temos a agradecer a Deus, ao Governo do Estado e a nossa reitora Elizângela”, concluiu Reginaldo.

Para o diretor do Câmpus Dianópolis da Unitins, Raimundo Bezerra, a doação do terreno é a materialização de um grande sonho. “Toda a história da Unitins nessa cidade é fruto de um desejo acalentado há muitos anos por toda a comunidade do sudeste do Tocantins. Para mim é um divisor de águas. Nossas atividades acontecem em prédios alugados, nem todas em estruturas adequadas, o que leva de certa forma uma preocupação para a Unitins”.

Ao considerar a doação do terreno um avanço para a universidade, Raimundo afirmou: “Hoje a Unitins tem o seu terreno, amanhã teremos o nosso câmpus em prédio próprio e quem vai ganhar com isso, com certeza, é toda a comunidade acadêmica”.

O ato de entrega do terreno para construção do Câmpus Dianópolis da Unitins também contou com a presença da vice-reitora Suely Quixabeira, do pró-reitora de Graduação, Munique Maia, de vereadores e outros membros da comunidade acadêmica e do município de Dianópolis.

Fonte: Ascom Unitins