Noélia Araújo

Por volta dos anos 60, quando o 1° teco-teco desceu no campo de pouso da cidade de Almas, uma das mais antigas do Estado do Tocantins, os cachorros dos vizinhos acuaram o avião, latindo bastante.

O dono de um dos cães, viu aquilo e ficou amedrontado com aquele bicho esquisito, que corria no chão, com gente dentro.

Sem saber o que fazer, ordenou seu cão dizendo:

Pega, pega, pega, que esse bicho é estrangeiro!!


Noélia Póvoa Araújo é casada, mae de 5 filhos, membro da Academia Dianopolina de Letras e é da Rua de Baixo